A pergunta que te ajuda na tomada de decisão

Posted on Posted in Uncategorized

untitled-design
Questionamos qual será o melhor caminho, a melhor forma de realizar e de alcançar algo.
Mas será que existe uma única forma de fazer algo?
Acredito que não. Cada um de nós tem a sua forma – única. Todos somos diferentes, porque em cada um de nós reside talentos e habilidades únicas.

Já imaginaste o mundo se todos seguíssemos o mesmo caminho, os mesmos ideais, as mesmas crenças e os mesmos valores? 

Muitos de nós prendem-se a um determinado caminho, a uma determinada forma para realizar ou para alcançar algo. E quando assim acontece, vive-se numa prisão interior e deixa-se de ver as oportunidades que existem em redor.
Os únicos limites são aqueles que impomos a nós mesmos, quando deixamos de realizar algo por medo das mudanças e justificamos com “a vida é assim”. Tony Robbins faz uma afirmação que eu admiro: “A vida não acontece para ti. Ela acontece por ti. Isto quer dizer que a vida somos cada um de nós.

Cria a tua realidade! Se hoje existe algo que não está de acordo com o que desejas, procura mudar. Lembra-te que de cada vez que afirmas “a vida é assim”, que a vida és Tu! Só é assim, porque permites que assim seja.

Quantas vezes perante as tuas decisões, sejam elas pequenas ou grandiosas, te perguntaste: será este o caminho certo ou será o caminho fácil?

O caminho certo, não é necessariamente o mais fácil, assim como o mais fácil não é necessariamente o certo. 

O caminho certo é aquele que, muita vezes, te obrigada a sair da zona de conforto. Entenda-se que sair da zona de conforto é ir ao encontro da mudança. Mudar é atravessar a linha que delimita o confortável para chegar ao desconhecido.
O caminho certo, nem sempre é o mais fácil, mas é aquele que sentes que é o melhor para ti. E aquilo que é certo para ti, não significa que seja certo para o teu vizinho. Pois cada um tem os seus valores, crenças e ideais. O caminho certo é aquele que faz vibrar o teu coração.

Por outro lado, o caminho fácil, usualmente, é aquele que é confortável, e não é necessariamente o certo. Por vezes, é o caminho certo para outra pessoa, mas não para ti. O caminho fácil, na maioria dos casos, leva a que se permaneça na zona de conforto, longe do desconhecido.
Um dos medos mais paralisantes no Ser Humano, é o medo do desconhecido. Muitos preferem ficar com o que conhecem – ainda que aquilo que conheçam seja triste – do que avançar por medo do desconhecido. Acabam por percorrer o caminho mais fácil uma vez, e outra, e outra vez.

George Addair afirmou: “ o que sempre desejou está do outro lado do medo”, está para além da zona de conforto.

Uma das perguntas que faço perante decisões que tenho a tomar, é se a escolha que estou a ponderar é o que sinto que é certo ou fácil para mim. E muitas vezes chego à conclusão que se fizer determinada escolha estou a optar pelo caminho mais fácil. E em determinadas situações, escolher o caminho mais fácil é sinal de estagnação, medo ou até que não é o melhor caminho. No entanto, em outras situações, escolher o caminho mais fácil é também o mais certo para o momento da história que estamos a viver.  Mas só saberás a resposta se fizeres a pergunta e tiveres a coragem de ser verdadeiro contigo mesmo.

Todos os dias temos a oportunidade de tomar decisões que podem mudar o curso da nossa história. Ás vezes um simples email, telefonema, sorriso pode mudar a forma como estamos a viver. Uma determinada escolha inocente pode levar a conquistar a oportunidade que tanto desejavas. Seja qual for a escolha, pergunta se é o caminho certo ou fácil para ti. Mas atenção, a resposta tem de vir de ti e não de outra pessoa. Para o teu vizinho o caminho certo, pode ser aquele que é fácil para ti, e o caminho fácil, para ti, pode ser o certo para ele.

Para as nossas questões não existe apenas uma única resposta. Existe a nossa resposta, aquele que sentimos que é a melhor para nós no momento da nossa história. E se desejas viver uma vida com significado, se desejas deixar a tua marca nas gerações futuras. Pergunta: Esta escolha é a fácil ou a certa para mim?
Um dia o caminho fácil deixa de te entusiasmar, e nesse dia, é o momento de trilhar o teu caminho, caminhando e trilhando, o caminho certo para ti. Quando chegar esse dia que tenhas a coragem de seguir em direção ao desconhecido!

Ana Rita Costa
Coach Pessoal

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *